05/11/2019

Colaborador que executava serviço de corte é agredido por morador no bairro Jóquei Clube

O colaborador lotado no setor de leitura e corte da Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), Márcio César Carvalho da Silva, foi agredido no dia 29 de outubro quando efetuava o corte de água de uma residência no bairro Jóquei Clube. Além da agressão física, o tablet utilizado para cadastrar novas ligações foi danificado. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia.

Assim que terminei meu serviço, guardei os materiais e subi na moto. Em seguida, o morador me empurrou fortemente. Não satisfeito, ele pegou o tablet e jogou dentro do quintal dele”, relembrou Silva, que teve lesões leves na região do pescoço, mas ficou impossibilitado de trabalhar durante três dias.

Assim que o setor jurídico da Caer tomou conhecimento da agressão, todas as medidas cabíveis foram executadas. “Acionamos a Polícia Militar através do 190 e uma guarnição chegou até o local. Conduzimos o infrator para delegacia e lá foi lavrado um termo circunstanciado de ocorrência em desfavor do indivíduo. Neste documento ele se comprometeu a comparecer no Juizado Especial”, explicou o procurador Deusdedith Ferreira.

LEGISLAÇÃO- Não é a primeira vez que um colaborador da Companhia é agredido durante a execução de cortes em residências. Desacatar funcionário público no exercício da função é crime previsto no artigo 331 do Código Penal e é considerado crime contra administração pública.

A pena é de detenção – que vai de seis meses a dois anos – ou multa. “Vamos tomar as providências e ajuizar ação por danos morais. Não queremos que esse crime volte a ocorrer”, esclareceu o procurador.

 

06/11/2019 11:34 - Ascom/CAER
Compartilhe: